As imagens, sons, cores e vozes do #30M no Recife

0

O segundo Dia Nacional em Defesa da Educação, na quinta-feira (30), foi mais uma demonstração da insatisfação popular com o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Assim como no último dia 15, estudantes, professores e profissionais da educação tomaram às ruas das principais cidades brasileiras para protestar contra os cortes dos orçamentos das universidades e dos institutos federais, anunciados pelo Ministério da Educação (MEC). No Recife, manifestantes levaram faixas e cartazes com mensagens em defesa da educação pública e críticas ao atual governo.

O protesto, que foi puxado pela União Nacional dos Estudantes (UNE), também fez oposição à reforma da Previdência, ao projeto Escola sem partido e à Emenda Constitucional 95 (que congelou gastos públicos).  A pauta incluiu a defesa da autonomia universitária e da democracia nas escolhas de reitores das Universidades Federais e dos Institutos Federais de Educação.

Confira na videorreportagem porque estudantes, professores e profissionais da educação que foram às ruas no ato #30M são contra os cortes de 1,7 bilhão propostos por Bolsonaro.

Compartilhe:

Sobre o autor

Deixe um comentário