Documentário aborda trabalho precário em parques de diversões

0

Os parques de diversões que rodam pelos pequenos municípios do interior do Nordeste e pelas periferias das capitais não têm o luxo e a megaestrutura dos grandes eventos, mas deixam marcas profundas na memória de crianças e adolescentes. Foi o que aconteceu com Cecília da Fonte. Ela dirige o documentário longa metragem Parquelândia. O filme entra em cartaz no cinema São Luiz e tem exibição especial na noite desta quinta-feira (14).

Parquelândia conta a história do dia a dia de trabalhadores e trabalhadoras de um parque de diversões que atravessa o sertão de Pernambuco e do Piauí. A motivação para o filme veio quando Cecília, já adulta, visitou um desses parques e sua memória de infância foi submetida ao teste de realidade da precarização do trabalho nesses ambientes.

“O encantamento deu lugar a uma outra realidade muito dura. Atravessei a estrutura para olhar para as pessoas que a faziam funcionar, a maneira como elas viviam e eram submetidas a um modelo que representa uma estrutura social profundamente desigual e injusta existente no Brasil, e muito mais comum do que se imagina”, conta a diretora.

O documentário tem uma distribuição independente e descentralizada e já foi exibido em universidade, cineclubes, ocupações urbanas, coletivos, escolas públicas e centros culturais de 11 cidades do Brasil nos últimos seis meses. Exibições sempre seguidas de debate.

É exatamente o que vai acontecer nesta quinta-feira no cinema São Luiz. Depois de ocupar a telona da sala que é o ícone do cinema pernambucano haverá debate com a diretora Cecília da Fonte, a ambulante e integrante do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Comércio Informal (Sintraci), Luciana Mendonça, e a procuradora do Ministério Público do Trabalho, Débora Tito. Sob mediação da comunicadora e cineasta Natália Lopes.

SERVIÇO

Documentário Parquelândia

Sessão especial no Cinema São Luiz

14/02 (quinta-feira) às 20h

Ingressos: R$10,00 (inteira) / R$ 5,00 (meia-entrada) – Quin/Sex/Sab/Dom

Ingressos: R$ 6,00 (inteira) / R$ 3,00 (meia-entrada) – Ter

R. da Aurora, 175 – Boa Vista, Recife – PE, 50060-020
Telefone: (81) 3184-3157

 

Compartilhe:

Sobre o autor

É formado em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco. Foi repórter de Polícia do Jornal do Commercio; repórter, editor e colunista de Política do Diário de Pernambuco. Coordenou a área de comunicação social do Ministério da Saúde e ocupou os cargos de diretor de mídia regional e secretário-adjunto de Imprensa da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República. É co-autor do livro Vulneráveis – entre a emergência da vida e a incerteza do futuro, Editora Bagaço, 2015.

Deixe um comentário