Novo curso de escrita com Samarone Lima

0

“O laboratório do escritor”

O curso é livremente inspirado no livro “O laboratório do escritor”, do argentino Ricardo Piglia, publicado no Brasil, em 1994. Em muitas entrevistas, Piglia conta detalhadamente os bastidores de sua vasta produção literária. Os planos e esquemas, anotações, fragmentos de histórias, cronologias, diálogos, frases isoladas. O seu “modo particular” de escrever pode ser um caminho para cada um que pretende, de fato, se tornar um escritor. Uma frase de Piglia que vai inspirar nossa jornada:

“Os grandes textos são os que transformam o modo de ler”.

Os encontros serão semanais, com duração a ser acertada com a instituição interessada. Não utilizarei mais o método da “Oficina Literária”, que já fiz algumas vezes, sempre de curta duração. Trata-se mesmo de um laboratório, que vai se estender de abril a dezembro, onde cada autor vai desenvolver exaustivamente sua proposta literária. Para tanto, cada interessado deverá apresentar seu projeto de escrita (o que pretende desenvolver ao longo dos meses). O objetivo é que, durante nossa jornada, ele transforme o modo de ler e escrever.

A utilização da palavra “escritor” não é ocasional. Trata-se de uma forma de encarar a criação como um objetivo de longo prazo, um projeto de vida. De pensar no poder que a palavra tem. De fazer dos próprios escritos algo sagrado, inspirador, a ponto de ser compartilhado. Não serão encontros para o deleite do próprio texto, mas de trabalho. Como diz Piglia, “escrever é sobretudo corrigir, e não acredito que se possa separar uma coisa da outra”. Com muito trabalho, tentaremos alcançar uma espécie de “leitor perfeito”, que, segundo Piglia, seria capaz de detectar todas as falhas e nós do texto, “e tentar ler o que escrever como se fosse de outro”.

Metodologia

O curso será desenvolvido com apresentação de autores, leitura de textos literários, além de entrevistas com escritores, onde eles analisam suas diferentes formas de criação literária. Todos os textos serão indicados antecipadamente, para que as leituras prévias possam ser realizadas.

Cada participante deverá apresentar, por escrito, um projeto que pretende desenvolver durante o laboratório. Os textos serão lidos em sala, discutidos coletivamente, mas haverá horários em que os textos serão analisados individualmente.

Em alguns momentos, serão convidado escritores, que contarão sua trajetória, escolhas, impasses e superação de obstáculos no caminho para se tornar escritor.

Sobre o proponente

Samarone Lima, 46 anos, é, segundo sua mãe, “jornalista, escritor e poeta” (nesta ordem). Formado na Universidade Católica de Pernambuco, fez mestrado na Universidade de São Paulo (USP) e aproveitou para viajar muito pela América Latina. Trabalhou em várias redações de jornais e revistas, foi professor universitário, dono de bares (coisa que não recomenda para ninguém). Sonha em ter um sebo-café. É autor dos livros “Zé” (1998), “Clamor” (2003) “Estuário” (2005) e “Trilogia das Cores” (2014), estes com Inácio França e Gerrá Lima. Suas publicações mais recentes são de poesia, com os livros “A praça azul” e “Tempo de Vidro” (2012) e “O aquário desenterrado” (2013). Escreve crônicas semanais no www.estuario.com.br e é membro-fundador da ONG de jornalismo Marco Zero.

Bibliografia inicial:

Anna Akhmatova (Poesia)
Wislawa Szimborska (Poesia)
Robert Arlt (Crônica)
José Saramago (Romance)
Giuseppe Ungaretti (Poesia)
Caio Fernando Abreu (Crônica)
Hilda Hilst (Conto/Romance)
Juan Rulfo (Conto)
Milton Hatun (Romance)
Ai Ogawa (Poesia)
Erri de Luca (Romance)
Pedro Lemembel (Crônica)
Outros autores serão apresentados durante o curso.

Serviço

Curso de criação literária “O laboratório do escritor”
Início: 5 abril (terça-feira)
Horário: 19h30 às 21h30
Local: “Casa 12 – Comidas e conversas” (Rua Silvino Lopes, 12, esquina com a rua Jerônimo de Albuquerque, ao lado da Igreja de Casa Forte).
Valor mensal: R$ 150,00
Mais detalhes, favor enviar email para: outrosama@gmail.com

Compartilhe:

Sobre o autor

Deixe um comentário