APOIE O JORNALISMO QUE ESTÁ DO SEU LADO

Desfile das agremiações volta à Dantas Barreto, mas segue sem divulgação

Maria Carolina Santos / 09/02/2024
Foto colorida diurna de trecho da avenida Dantas Barreto com estruturas metálicas e arquibancadas para o desfile das agremiações carnavalescas.

O desfile das agremiações mudou mais uma vez de local. Após as reclamações do ano passado, quando a prefeitura jogou o desfile para uma rua ao lado do Parque 13 de Maio, as agremiações do grupo especial voltam para a avenida Dantas Barreto, no bairro de São José. A mudança de local foi uma reivindicação das agremiações após o fiasco do ano passado e contou com intermediação até do Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

Mas há vários “pórens”. O primeiro deles é que o espaço ficou muito pequeno: é apenas da esquina com a rua Siqueira Campos até a altura da Praça da Independência, a popular Pracinha do Diário. Tem cerca de 200 metros de extensão, mais ou menos a mesma do ano passado, que foi criticada por vários grupos. A largura do espaço também não agradou muito, com cerca de seis metros, o que não é bom para as escolas de samba.

“Temos cinco carros alegóricos. Pretendemos levar esse ano 1,7 mil pessoas para o desfile. Vai ficar apertado de novo”, diz a vice-presidente da Gigante do Samba, Marise Félix. “Mas estou falando pelo samba, que tem carros, uma estrutura maior. Faltou uma discussão com a gente. Mas gostei das arquibancadas que estão colocando, parecem ser mais novas. E volta para o bairro de São José é ótimo, fica mais perto dos outros pólos, tem mais pessoas passando”, diz.

Como tem acontecido nos últimos anos, não se vê na televisão, nem outdoors, nem nas redes sociais da prefeitura do Recife ou do prefeito João Campos (PSB) uma boa divulgação para o desfile das agremiações. Na reportagem do ano passado, o presidente da Associação dos Maracatus de Baque Solto, Manoelzinho Salustiano, fez uma longa reclamação sobre a falta de divulgação do desfile.

Neste ano, a insatisfação permanece. “A Dantas Barreto é um ótimo local, é perto da Guararapes, do Recife Antigo. Mas agora a gente tem que esperar o resultado de como vai ser o público. É preciso um plano de mídia da prefeitura. E já falamos disso há tantos anos. Temos que entender que quem está indo pra lá são as agremiações do grupo especial. São as pessoas que fazem o carnaval pernambucano: o maracatu, o caboclo de lança, os caboclinhos, ursos, o samba. A nossa cultura popular. E isso precisa ser divulgado”, diz.

Apesar de ter muita cultura popular espalhada por outros pólos do carnaval do Recife, o desfile é especial para as pessoas que fazem o carnaval. “É o nosso momento. A gente pode tocar no Japão, no Rio de Janeiro, na Europa. Nunca vai ser a mesma coisa. No desfile é quando a comunidade vai nos ver, quando participa mais gente. É o momento pelo qual passamos meses nos preparando. Se oferecessem R$ 50 mil para Gigante ficar em casa no dia do concurso, tenho certeza que ninguém ia aceitar”, diz Marise.

A Marco Zero questionou a prefeitura sobre as mudanças no local, a instalação das arquibancadas e falta de divulgação do desfile. Ainda não tivemos resposta. A programação completa, com o horário de desfile de cada agremiação, só ficou disponível ontem, 8 de fevereiro, no dia da abertura oficial do carnaval do Recife (confira ao final deste texto).

Em matéria no site da prefeitura, é informado que o novo local foi “foi desenhado e planejado numa força-tarefa que reuniu diversos setores do poder público, como Cultura, Mobilidade, Controle Urbano, Segurança Cidadã, CTTU, além da Secretaria de Defesa Social e do Consórcio Grande Recife. Por parte do segmento cultural, estiveram presentes à visita técnica, que definiu o novo local, desde conselheiros municipais de cultura relacionados com o ciclo carnavalesco a representantes de entidades, a exemplo da Liga das Culturas Populares (integrada pelas entidades de Maracatu Nação, Afoxé, Maracatu de Baque Solto, Cavalo Marinho, Caboclinhos e Índios, entre outras), Federação Cultural dos Bois e Similares, bem como lideranças das escolas e blocos de samba e de troças e clubes de bonecos”.

Neste ano, prefeitura vai investir R$ 1.262.250,00 em premiações do concurso. São 218 agremiações de onze modalidades que desfilam em dois locais: além do grupo especial na Dantas Barreto, as agremiações do grupo de acesso desfilam há anos na avenida do Forte, no Cordeiro.

Desfile vai acontecer no trecho entre pracinha do Diário e rua Siqueira Campos. Crédito: Arnaldo Sete/MZ Conteúdo

Bora ver: campanha promove o desfile

A produtora cultural Guida Gomes desenvolve um trabalho bastante ligado à cultura popular na Casa Astral, espaço no Poço da Panela. Em conversas com artistas e produtores, ela teve a ideia de lançar um movimento nas redes sociais chamando a população para ir conferir o desfile das agremiações. A campanha Bora Ver convoca o público a ir ao desfile e postar nas redes sociais um vídeo chamando os amigos para irem também.

“Ano passado colocaram o desfile em um lugar totalmente desconectado e isolado. E a gente entendeu que é preciso chegar junto para lutar e reivindicar o reconhecimento do verdadeiro carnaval, de onde surge o imaginário coletivo da nossa cultura popular. As comunidades passam o ano todo trabalhando para o carnaval e quando chega na hora do concurso, não vamos divulgação”, diz Guida.

Ela lembra que é a própria Prefeitura do Recife quem apoia as agremiações e que monta toda a estrutura do concurso. “Ela investe dinheiro, mas não divulga. Não tem nada na televisão, não existe uma ampla divulgação. Parece até que tem vergonha de chegar perto. E por quê? Por que é algo de comunidade, de gente simples? Qual o motivo para não fortalecer a divulgação do desfile?”, questiona.

A cantora Karina Buhr virou uma espécie de madrinha do Bora Ver. Ela e outros artistas, como Isaar, gravaram vídeos convocando o público para ir ver o desfile. “A falta de divulgação específica para os desfiles das agremiações é um problema antigo, que atravessa gestões, tanto das que desfilam, esse ano, na Dantas Barreto, quanto na avenida do Forte — essas, belíssimas apresentações do “grupo de acesso” ficam quase que totalmente invisibilizadas. As agremiações se apresentam também nos polos descentralizados e no Marco Zero e isso é maravilhoso, tem muito valor mesmo, mas precisa com urgência uma atenção especial aos desfiles. É o sumo do Carnaval, precisam ter muito destaque, e não só na divulgação, em todo o tratamento dado. Se fala muito em maracatu, mas e os nomes das mestras e mestres? Quem é a rainha desse, como é o baque daquele? Isso precisa estar mais presente no dia a dia da cidade, do estado”, disse, em entrevista à Marco Zero.

Para Karina Buhr, a falta de informação é o que mais afasta o público do desfile. “As agremiações são divulgadas embaixo de um guarda chuva chamado “cultura popular”, como se fosse um grupo homogêneo, como se ali não houvesse criação, movimento, autoria, reinvenção, é como se tudo fosse estático, onde se conhece a beleza do que é impossível não notar, mas se desconhece, de uma maneira geral, as entrelinhas, o funcionamento. Os ritmos, as danças, tudo em cada agremiação é vivo, pulsante, se renova todos os dias, tem líderes e brincantes que precisam ser nomeados, exaltados. Uma foto de um caboclo de lança estampada num jornal com a legenda ‘maracatu de Pernambuco’, sem falar quem é aquele que está sendo retratado, nem de qual agremiação é, só exalta esse tratamento esquisito, que é também, e principalmente, fruto do racismo presente nessa relação”, critica Buhr.

“O palco é importantíssimo, aqui fala alguém que atua neles, o chão – aqui fala alguém que já atuou bastante nele na década de 1990, no Piaba de Ouro, Estrela Brilhante do Recife e Afoxé Ylê de Egbá – é o principal do carnaval. Os palcos merecem destaque, claro, e são importantíssimos, mas deveriam ser tratados como parte de uma festa onde os atores e atrizes principais estão no chão, costurando, afinando, bordando, tocando, cantando, coreografando, ensaiando. Os ensaios poderiam ser fortemente divulgados desde o momento em que começam a acontecer, por exemplo. Isso cria vínculo entre quem se apresenta e quem assiste, isso fomenta continuidade. Está tudo na mão, é totalmente possível, o mais difícil está feito, basta espalhar notícias, chegar junto de fato”, afirma a artista.

Confira a programação do Desfile:

  • Grupo Especial

Domingo (11/02)

Troças Carnavalescas Mistas

Ordem Horário Agremiação
01 14:00 / 14:25 TEIMOSO EM FOLIA
02 14:25 / 14:50 TÔ CHEGANDO AGORA
03 14:50 / 15:15 BEIJA FLOR EM FOLIA
04 15:15 / 15:40 ABANADORES DO ARRUDA
05 15:40 / 16:05 BATUTAS DE ÁGUA FRIA
06 16:05 / 16:30 ESTRELA DA TARDE

Blocos Carnavalescos Mistos

Ordem Horário Agremiação
01 16:30 / 16:55 MADEIRA DO ROSARINHO
02 16:55 / 17:20 FLOR DA LIRA

Clubes Carnavalescos Mistos

Ordem Horário Agremiação
01 17:20 / 17:45 REISADO IMPERIAL
02 17:45 / 18:10 CLUBE DAS PÁS
03 18:10 / 18:35 AMANTE DAS FLORES
04 18:35 / 19:00 GIRASSOL DA BOA VISTA
05 19:00 / 19:25 VASSOURINHAS

Maracatus de Baque Virado

Ordem Horário Agremiação
01 19:25 / 20:05 ENCANTO DO PINA
02 20:05 / 20:45 XANGÔ ALAFIN
03 20:45 / 21:25 PORTO RICO
04 21:25 / 22:05 CAMBINDA ESTRELA
05 22:05 / 22:45 LEÃO DA CAMPINA
06 22:45 / 23:25 ESTRELA BRILHANTE
07 23:25 / 00:05 AURORA AFRICANA
08 00:05 / 00:45 ESTRELA DALVA
09 00:45 / 01:25 ENCANTO DA ALEGRIA

Segunda Feira (12/02)

Maracatus de Baque Solto – Grupo 01

Ordem Horário Agremiação
01 10:00 / 10:20 LEÃO FACEIRO DE NAZARÉ
02 10:20 / 10:40 LEÃO TEIMOSO DE PAUDALHO
03 10:40 / 11:00 ÁGUIA DOURADA DE NAZARÉ
04 11:00 / 11:20 LEÃO DA FLORESTA DE VICÊNCIA
05 11:20 / 11:40 CARNEIRO MANSO DE GLÓRIA DO GOITÁ
06 11:40 / 12:00 CAMBINDA ESTRELA DE ITAQUITINGA
07 12:00 / 12:20 GAVIÃO DA MATA DE GLÓRIA DE GOITÁ
08 12:20 / 11:40 PAVÃO DOURADO DE TRACUNHAÉM
09 12:40 / 13:00 LEÃO VENCEDOR DE CHÃ DE ALEGRIA
10 13:00 / 13:20 LEÃO VENCEDOR DE CARPINA
11 13:20 / 13:40 CAMBINDINHA DE ARAÇOIABA
12 13:40 / 14:00 LEÃO COROADO DE LAGOA DE ITAENGA
13 14:00 / 14:20 ESTRELA DE TRACUNHAÉM
14 14:20 / 14:40 LEÃO FORMOSO DE TRACUNHAÉM
15 14:40 / 15:00 LEÃOZINHO DE ALIANÇA
16 15:00 / 15:20 CRUZEIRO DO FORTE DO RECIFE

Bois de Carnaval

Ordem Horário Agremiação
01 15:20 / 15:45 BOI FANTÁSTICO
02 15:45 / 16:10 BOI CARA BRANCA DE LIMOEIRO
03 16:10 / 16:35 BOI MARACATU
04 16:35 / 17:00 BOI DIAMANTE
05 17:00 / 17:25 BOI DOURADO DE LIMOEIRO
06 17:25 / 17:50 BOI MALABÁ
07 17:50 / 18:15 BOI DE MAINHA

Tribos Indígenas

Ordem Horário Agremiação
01 18:15 / 18:40 ONÇA NEGRA
02 18:40 / 19:05 TUPINIQUINS
03 19:05 / 19:30 TABAJARA
04 19:30 / 19:55 ORUBÁ
05 19:55 / 20:20 UBIRAJARA

Clubes de Boneco

Ordem Horário Agremiação
01 20:20 / 20:45 SEU MALAQUIAS
02 20:45 / 21:10 MENINO DO PÁTIO DE SÃO PEDRO
03 21:10 / 21:35 O FILHO DO BOCHECHUDO
04 21:35 / 22:00 RAISSA NO FREVO
05 22:00 / 22:25 LINGUARUDO DE OURO PRETO

Escolas de Samba

Ordem Horário Agremiação
Grupo Especial
01 22:25 / 23:25 ESTUDANTE DE SÃO JOSÉ
02 23:25 / 00:25 LIMONIL
03 00:25 / 01:25 GIGANTE DO SAMBA
04 01:25 / 02:25 GALERIA DO RITMO

Terça Feira (13/02)

Ursos (La Ursa)

Ordem Horário Agremiação
01 15:00 / 15:25 PÉ DE LÃ DE ARCOVERDE
02 15:25 / 15:50 PÉ DE LÃ DE RECIFE
03 15:50 / 16:15 CANGAÇÁ DE ÁGUA FRIA
04 16:15 / 16:40 BRANCO DO CANGAÇÁ
05 16:40 / 17:05 DO OVÃO

Maracatus de Baque Solto – Grupo Especial

Ordem Horário Agremiação
01 17:05 / 17:30 LEÃO DE OURO DE CONDADO
02 17:30 / 17:55 PAVÃO MISTERIOSO DE UPATININGA
03 17:55 / 18:20 PANTERA NOVA DE ARAÇOIABA
04 18:20 / 18:45 LEÃO MISTERIOSO DE NAZARÉ
05 18:45 / 19:10 ESTRELA DOURADA DE BUENOS AIRES
06 19:10 / 19:35 ÁGUIA MISTERIOSO DE NAZARÉ
07 19:35 / 20:00 ESTRELA BRILHANTE DE NAZARÉ
08 20:00/ 20:25 LEÃO MIMOSO DE UPATININGA
09 20:25 / 20:50 CAMBINDA BRASILEIRA DE NAZARÉ

Caboclinhos

Ordem Horário Agremiação
01 20:50 / 21:15 TUPI
02 21:15 / 21:40 TAPÚIA CANINDÉ
03 21:40 / 22:05 TAPIRAPÉ
04 22:05 / 22:30 KAPINAWÁ
05 22:30 / 22:55 UNIÃO SETE FLECHAS DE GOIANA
06 22:55 / 23:20 TUPÃ
07 23:20 / 23:45 CAHETÉS DE GOIANA
08 23:45 / 00:10 CARIJÓS DO RECIFE
09 00:10 / 00:35 CANINDÉ DE GOIANA
  • Grupos de Acesso, 02 e 01

Sexta-feira (09/02): Local Avenida do Forte

Horário Agremiação
MBV – Acesso
19:00 / 19:25 NAÇÃO OXALÁ
19:25 / 19:50 LINDA FLOR
19:50 / 20:15 SOL BRILHANTE
20:15 / 20:40 CARNEIRO DE OURO
MBV – 02
20:40 / 21:05 CAMBINDA AFRICANO
21:05 / 21:30 GATO PRETO
21:30 / 21:55 OXUM MIRIM
21:55 / 22:20 NAÇÃO DE LUANDA
22:20 / 22:45 ENCANTO DO DENDÊ
MBV – 01
22:45 / 23:10 BAQUE FORTE
23:10 / 23:35 ALMIRANTE DO FORTE
23:35 / 00:00 TUPINAMBÁ
00:00 / 00:25 RAÍZES DE ÁFRICA

Domingo (11/02): Avenida do Forte

Troças carnavalescas mistas

Horário Agremiação
Grupo de Acesso
Não há -0-
Grupo de 02
15:00 / 15:15 BOLACHÃO DE BEBERIBE
15:15 / 15:30 SUELY NO FREVO
15:30 / 15:45 DESTEMIDO DE CAMPO GRANDE
Grupo 01
15:45 / 16:05 FORMIGA SABE QUE ROÇA COME
16:05 / 16:25 AZULÃO EM FOLIA
16:25 / 16:45 BACALHAU DO BECO
16:45 / 17:05 CAMISA VELHA
17:05 / 17:25 O BAGAÇO É MEU

Blocos carnavalescos mistos

Horário Agremiação
Grupo 01
17:30 / 17:50 BATUTAS DE SÃO JOSÉ
17:50 / 18:10 COM VOCÊ NO CORAÇÃO
18:10 / 18:30 COM AMOR A VOCÊ

Clubes carnavalescos mistos

Horário Agremiação
Grupo de Acesso
18:30 / 18:45 TUBARÕES DO PINA
Grupo 02
18:45 / 19:00 LÍNGUA DE PRATA
19:00 / 19:15 ARRASTA TUDO
19:15 / 19:30 LENHADORES
19:30 / 19:45 LAVADEIRAS DE AREIAS
19:45 / 20:00 COQUEIRINHO DE BEBERIBE
Grupo 01
20:00 / 20:20 PÃO DURO
20:20 / 20:40 PRATO MISTERIOSO
20:40 / 21:00 TRANSPORTE EM FOLIA
21:00 /21:20 MARACANGALHA
21:20 / 21:40 GUAIAMUM NA VARA

Segunda Feira (12/02): Avenida do Forte

Maracatus de Baque Solto

Horário Agremiação
Grupo 02 MBS
10:00 / 10:15 LEÃO MISTERIOSO DE TRACUNHAÉM
10:15 / 10:30 ESTRELA DE OURO DE CONDADO
10:30 / 10:45 CAMBINDINHA DA LAGOA DE LAGOA DE ITAENGA
10:45 / 11:00 ÁGUIA DOURADA DE GLÓRIA DO GOITÁ
11:00 / 11:15 ÁGUIA DE OURO DE NAZARÉ
11:15 / 11:30 LEÃO TEIMOSO DE LAGOA DE ITAENGA
11:30 / 11:45 PAVÃO DOURADO DE CHÃ DE ALEGRIA
11:45 / 12:00 ESTRELA DE OURO DE ALIANÇA
12:00 / 12:15 LEÃO FACEIRO DE ARAÇOIABA
12:30 / 12:45 DRAGÃO DEVORADO DE IGARASSU
12:45 / 13:00 BEIJA FLOR DE NAZARÉ
13:00 / 13:15 LEÃO DO NORTE DE GLÓRIA DO GOITÁ
13:15 / 13:30 ÁGUIA FORMOSA DE TRACUNHAÉM
13:30 / 13:45 ESTRELA DA SERRA DE TRACUNHAÉM
13:45 / 14:00 LEÃO FORMOSO DE NAZARÉ
14:00 / 14:15 CAMELO MANSO DO ENGENHO TOMÉ
14:15 / 14:30 LEÃO COROADO DE BUENOS AIRES
14:30 / 14:45 ONÇA DOURADA DE CHÃ DO ESCONSO
14:45 / 15:00 CARNEIRO DA SERRA DE GLÓRIA DO GOITÁ
15:00 / 15:15 LEÃO VENCEDOR DE BUENOS AIRES

Bois de Carnaval

Horário Agremiação
Grupo de Acesso
15:15 / 15:30 CHIFRE DE OURO
15:30 / 15:45 PORTEIRA DO SERTÃO
15:45 / 16:00 ESTRELA SOLAR
16:00 / 16:15 IMPERIAL
Grupo 02
16:15 / 16:30 TRELOSO DO RECIFE
16:30 / 16:45 ESTRELA DE LIMOEIRO
16:45 / 17:00 MISTERIOSO DE LIMOEIRO
17:00 / 17:15 ESTRELA DOURADA
Grupo 01
17:15 / 17:35 TÁ TÁ TÁ
17:35 / 17:55 MIMOSO DA BOMBA DO HEMETÉRIO
17:55 / 18:20 SORRIZO
18:20 / 18:40 ARCOVERDE

Caboclinhos

Horário Agremiação
Grupo de Acesso
18:40 / 18:55 TUPI GUARANI DE BUENOS AIRES
18:55 / 19:10 ÍNDIO BRASILEIRO
19:10 / 19:25 TAPÚIAS CAMARÁS
19:25 / 19:40 AURORA CANINDÉ
19:40 / 19:55 FLECHA DOURADA
19:55 / 20:10 CAETÉS
Grupo 02
20:10 / 20:25 CARIPÓS MIRIM
20:35 / 20:50 TUPI GUARANI DE CAMARAGIBE
20:50 / 21:05 PARANAGUÁSES
21:05 / 21:20 7 FLEXAS DO RECIFE
21:20 / 21:35 FLEXA NEGRA DA TRIBO TRUKÁ
21:35 / 21:50 CANDIDÉ
Grupo 01
21:50 / 22:10 TUPINAMBÁ DE JABOATÃO
22:10 / 22:30 TAQUARACY
22:30 / 22:50 TAYGUARA
22:50 / 23:10 CARIJÓS DE GOIANA
23:10 / 23:30 TAINÁ
23:30 / 23:50 POTIGUARES DE GOIANA
23:50 / 00:10 PENA BRANCA DE GOIANA
00:10 / 00:30 TUPINAMBÁ DE GOIANA

Terça Feira (13/02): Avenida do Forte

Maracatus de Baque Solto

Horário Agremiação
Grupo de Acesso MBS
10:00 / 10:15 LEÃO DE OURO DE NAZARÉ
10:15 / 10:30 LEÃO BRILHANTE DE CARPINA
10:30 / 10:45 BEIJA FLOR DE ALIANÇA
10:45 / 11:00 GAVIÃO DE OURO DE SÃO LOURENÇO DA MATA
11:00 / 11:15 LEÃO AFRICANO DE NAZARÉ
11:15 / 11:30 GALO DOURADO DE LAGOA DE ITAENGA
11:30 / 11:45 ÁGUIA DOURADA DE CARPINA
11:45 / 12:00 ESTRELA FORMOSA DE VICÊNCIA
12:00 / 12:15 LEÃO VENCEDOR DAS FLORES DE BUENOS AIRES
12:30 / 12:45 LEÃO MIMOSO DE BUENOS AIRES
12:45 / 13:00 PANTERA DA VILA DE CHÃ DE ALEGRIA
13:00 / 13:15 ESTRELA DA TARDE DE NAZARÉ
13:15 / 13:30 LEÃO MIMOSO DE GUADALARAJA (PAUDALHO)
13:30 / 13:45 LEÃO DAS CORDILHEIRAS DE ARAÇOIABA
13:45 / 14:00 ESTRELA BRILHATE DE LIMOEIRO
14:00 / 14:15 LEÃOZINHO DE ITAQUITINGA
14:15 / 14:30 LEÃO DA SERRA DE CARPINA
14:30 / 14:45 CAMBINDA NOVA DE NAZARÉ
14:45 / 15:00 LEÃO DAS CORDILHEIRAS DE ALIANÇA
15:00 / 15:15 LEÃO CHARMOSO DE LAGOA DO CARRO

Ursos (La Ursa)

Horário Agremiação
Grupo de Acesso
15:15 / 15:30 DA PELEJA
15:30 / 15:45 ZÉ DA PINGA
15:45 / 16:00 PANDA DE ARCOVERDE
16:00 / 16:15 JUJUBA
Grupo 02
16:45 / 17:00 MIMOSO DE ARCOVERDE
17:00 / 17:15 MANHOSO DO ENGENHO DO MEIO
17:15 / 17:30 A La Ursa ROSINHA
Grupo 01
17:30 / 17:50 MILINDROZO DE JOANA BEZERRA
17:50 / 18:10 TEXACO
18:10 / 18:30 TEIMOSO DA TORRE
18:30 / 18:50 SÃO CRISTÓVÃO
18:50 / 19:10 DA TUA MÃE

Tribos Indígenas

Horário Agremiação
Grupo de Acesso Não há
Grupo 02 Não há
Grupo 01
19:10 / 19:30 TUPI GUARANI
19:30 / 19:50 CANINDÉ BRASILEIRO DE ITAQUITINGA
19:50 / 20:10 TUPI NAMBÁ

Clube de Bonecos

Horário Agremiação
C. Boneco Acesso
20:10 / 20:25 O HOMEM DE AMARAJI
20:25 / 20:40 O SAPATEIRO
C. Boneco – Grupo 02
20:40 / 20:55 DONA XOXÓ
20:55/ 21:10 BIEL NO FREVO
21:10 / 21:25 COSTUREIRA NO FREVO
21:25 / 21:40 O MENINO DA GRÁFICA
21:40 / 21:55 FILHO DO HOMEM DA MEIA NOITE
C. Boneco – Grupo 01
21:55/ 22:15 TÔ AFIM
22:15/ 22:35 GAROTA DA ILHA DO MARUIM
22:35/ 22:55 BOCHECHUDO DE AREIAS
22:55/ 23:15 O GAROTO DA ILHA DO MARUIM
23:15/ 23:35 MECA NO FREVO
E. Samba – Acesso
23:35 / 00:05 MOCIDADE DOS TORRÕES
E. Samba – Grupo 01
00:05/ 00:35 REBELDES DO SAMBA
AUTOR
Foto Maria Carolina Santos
Maria Carolina Santos

Jornalista pela UFPE. Fez carreira no Diario de Pernambuco, onde foi de estagiária a editora do site, com passagem pelo caderno de cultura. Contribuiu para veículos como Correio Braziliense, O Globo e Revista Continente. Ávida leitora de romances, gosta de escrever sobre tecnologia, política e cultura. Contato: carolsantos@gmail.com