Crédito: Secretaria de Saúde do Governo de São Paulo

A pandemia do coronavírus provocou uma queda de 20% na procura de testes para detecção do HIV/Aids no ano passado com relação a 2019, segundo levantamento do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). O dado preocupa, pois sem o diagnóstico precoce, a pessoa que teve contato com o vírus pode ter sérias complicações se não for acolhida rapidamente pelo serviço especializado de saúde. Com o desafio de reverter esse cenário e evitar mortes, a organização não-governamental Gestos – Soropositividade, Comunicação e Gênero lançou um serviço inédito de entrega do autoteste em casa.

Para solicitar e exame, o interessado deve ligar para a Gestos ou enviar uma mensagem pelo WhatsApp no número (81) 99902-0064. A pessoa será atendida por uma profissional de enfermagem especializada em saúde e sexualidade que fará o primeiro acolhimento com orientações detalhadas de como fazer o teste e sobre a importância do autocuidado. Em seguida, o kit é enviado para o local indicado, conforme agendamento prévio e com respeito ao sigilo. Também é possível retirar o material diretamente na sede da entidade, na Boa Vista.

Basicamente, o procedimento consiste na coleta de uma gota de sangue do dedo por meio de uma lançeta, semelhante àquela utilizada para teste de glicose, e a mistura do fluido em uma solução reagente. O resultado sai em 30 minutos. Poucos dias depois dessa etapa, profissionais da Gestos entram em contato para fazer um novo acolhimento, desta vez com orientações sobre os serviços de saúde e assistência social. No caso de confirmação da infecção por HIV, a entidade faz o encaminhamento para as unidades de saúde que oferecem o tratamento gratuito pelo SUS.


O serviço de testagem da Gestos também é gratuito e tem capacidade para atender até 70 pessoas por semana. O público-alvo são jovens com idades entre 18 anos e 29 anos. “Essa ação é muito importante no momento em que o acesso aos serviços de saúde está mais restrito devido às medidas de distanciamento social exigidas para controlar a covid-19. Esse é um teste que vende em farmácia, mas não é tão acessível a todos, pois custa em torno de R$ 60, mas a Gestos consegue oferecer de graça”, explica a coordenadora de Programas Institucionais da ONG, Jô Meneses.

Quem não se sentir seguro para fazer o teste em casa pode optar por realizar o diagnóstico no espaço da Gestos, por meio da técnica do fluido oral, que consiste na coleta da saliva na mucosa da boca. O atendimento conta com todo cuidado e as devidas orientações antes e depois do resultado, seja ele positivo ou negativo. “Desde a retomada entre agosto e setembro voltamos a ofertar o exame rápido na instituição, sobretudo, para quem não se sente acolhido nos serviços municipais e estaduais que ainda alimentam o estigma e o preconceito contra essas pessoas”, diz Jô.

A iniciativa de testagem rápida e do autoteste faz parte do projeto Viva Melhor Sabendo Jovem realizado pela Gestos com apoio da Unicef e da Prefeitura do Recife.

Esta reportagem é uma produção do Programa de Diversidade nas Redações, realizado pela Énois – Laboratório de Jornalismo Representativo, com o apoio do Google News Initiative”.

Seja mais que um leitor da Marco Zero

A Marco Zero acredita que compartilhar informações de qualidade tem o poder de transformar a vida das pessoas. Por isso, produzimos um conteúdo jornalístico de interesse público e comprometido com a defesa dos direitos humanos. Tudo feito de forma independente.

E para manter a nossa independência editorial, não recebemos dinheiro de governos, empresas públicas ou privadas. Por isso, dependemos de você, leitor e leitora, para continuar o nosso trabalho e torná-lo sustentável.

Ao contribuir com a Marco Zero, além de nos ajudar a produzir mais reportagens de qualidade, você estará possibilitando que outras pessoas tenham acesso gratuito ao nosso conteúdo.

Em uma época de tanta desinformação e ataques aos direitos humanos, nunca foi tão importante apoiar o jornalismo independente.

É hora de assinar a Marco Zero https://marcozero.org/assine/