Em mais uma atitude genocida, Bolsonaro força o Ministério da Saúde a autorizar o uso de cloroquina e da hidroxicloroquina em pacientes leves da Covid-19, apesar de todas as evidências sobre a ineficácia e os riscos desses medicamentos.
No Recife, um grupo de médicos intitulado Doutores da Verdade, financiado por empresários e por uma deputada bolsonarista e evangélica, distribui cloroquina nas comunidades carentes.